CONFLITOS NO CASAMENTO

Conflitos - Resolvendo Desentendimentos

O Conflito é inevitável em relacionamentos pessoais. É humanamente impossível viver em harmonia total com os outros o tempo todo. Jesus disse a seus discípulos como resolver disputas entre crentes ( Mt 18.15-20). Paulo resolveu o seu conflito com João Marcos, que havia se desenvolvido entre a primeira e a segunda viagem missionária ( At 15.36-41). João alertou os cristãos a não odiarem uns aos outros ( 1 Jo 4.20-21).

A Bíblia oferece vários passos para resolver conflitos e desfazer desentendimentos entre pessoas:

1- A escritura admoesta o crente a encarar o conflito -  saber da sua existência e aceitar o seu impacto. Cristo aconselhou os seus discípulos a ir imediatamente e diretamente até a pessoa e discutir a ofensa cometida ( Mt  18.15). Outras pessoas deverão ser solicitadas a mediar o conflito somente se o mesmo não poder ser resolvido entre o ofendido e o ofensor ( Mt 18.16-17).

2 - A escritura instrui o crente a resolver o conflito com o perdão - colocar o desentendimento para trás e prosseguir em harmonia assim que ele tenha sido resolvido. Evódia e Síntique foram encorajadas a substituir a sua amargura por gentileza e viver em harmonia pacífica, regozijando-se no Senhor  (Fp 4.2-7).

3- A Escritura encoraja o crente a ir além do conflito, Paulo resolveu o ressentimento contra Marcos e procurou oportunidades de trabalhar com ele no ministério ( Compare At 15.36-41 com 2Tm 4.9-11).
Jesus lembrou os fariseus dos maiores dos mandamentos - amar ao Senhor e amar o seu próximo ( Mt 22.37-40). O desejo de Deus é que seus filhos vivam em harmonia. Os Cristãos devem resolver o conflito com outras pessoas substituindo a discórdia pelo amor. A ênfase não é punitiva, mas redentora ( veja 2Co 2.5-11, 2Ts 3.14-15).


Extraído da Bíblia da Mulher ( Devocional, Estudo , Leitura) , pg. 1527

 

Joomla templates by a4joomla